Poema de amor sobre a vida inteira de cada pessoa (Éle Semog)

Nessa falta de tempo pra escrever e pra sentir que tem me acometido nos últimos tempos, foi esse poema do escritor e militante do movimento negro Éle Semog que conseguiu fazer meu coração bater aflito depois de tanto tempo. Compartilho porque é preciso:

O amor com seus vieses de alegria
não é um sentimento; não é!
É só uma sensação
que nos enche de poder,
ameniza as distâncias
e põe prazer na solidão.
Tirano, tira-nos o pudor,
toda a vergonha,
nos faz tolerantes
como não podemos,
nos faz transparentes
como não devíamos.

Continuar lendo