Lalalaiá… laiá!

Há um antigo provérbio chinês que assim professa: “Tédio? Lista é remédio“. Na verdade eu tenho um montão de coisa pra fazer, mas ói eu aqui de novo trazendo uma lista musical com 10 itens pra vocês! Isso se tornará um hábito? Se tornará uma categoria no Ou Barbárie? Só o futuro dirá. O fato é que hoje é o dia nacional do samba (e também aniversário do meu querido Colégio Pedro II, onde todo mundo é bamba) e eu resolvi montar uma lista com 10 sambas que contenham um dos maiores pilares constitutivos do nosso querido samba: o “laiá” (não confundir com “iaiá”, outro elemento fundamental). Ao que você pode retrucar: “Pô, TODOS os sambas, né, minha filha?”, mas eu selecionei aqui algumas canções cujo laiá tenha sido marcante e que… ah, que eu tenha conseguido lembrar (depois de pedir ajuda dos universitários, João Pedro e Larissa). Laiá laiá…

1. Meu laiá raiá – Arlindo Cruz

Abrimos com uma música em que o laiá já chega chegando no título, que beleza! O destaque merecido a um elemento tão fundamental.

2. Essa melodia – Jamelão (Marisa Monte)

Essa foi a canção responsável pela idéia de fazer a lista. Uma salva de palmas virtuais à ela por causa disso! *CLAP*. Marisa Monte e Velha Guarda da Portela juntos são luz, raio, estrela e luar, né? Lindo demais.

3.  Malandro – Jorge Aragão

Nessa “pesquisa” eu me dei conta que o Jorge Aragão talvez seja o sambista que mais utilizou o artifício do laiá em toda a história do samba. TODAS as músicas dele têm um seguimento de laiá, mas essa talvez seja uma das mais marcantes.

4. Vou festejar – Jorge Aragão (Beth Carvalho)

Em geral, eu tento evitar repetir nomes, mas dessa vez não deu. Esse samba é por demais histórico. Obrigatório em todo bloco de carnaval, em toda roda de samba, em toda forra por dor de corno e até pra xingar a torcida do time adversário, possui um dos laiás mais vibrantes de todos.

5. Martim Cererê – Zé Catimba (Zeca Pagodinho)

Eu juro que tem laiá nessa música, mesmo que o seu parente lauê seja predominante. Aqui tem um vídeo bem bacana do Zé Catimba contando pro LYMDO do Diogo Nogueira como o seu papis interferiu na composição. No vídeo a seguir só tem um trecho da música, mas só esse o youtube deixava incorporar (Dona Esponja já incorporou! ) . Se quiserem ouvir toda, no próprio youtube tem a versão integral.

6. Fogo de saudade – Sombrinha (Revelação)

Essa é em homenagem ao evento off do dia, o #pagoday! Adoro essa música e todo seu quê brega, sofredor e sofisticado ao mesmo tempo. E é graças a ela o grupo Revelação pôde figuram nesta bela lista!

7.  Silêncio, tamborim – Candeia

Essa foi contribuição do meu amigo candeiéte, o João. Eu nem conhecia essa coisa linda que vem pra sofisticar o nosso humilde top 10 (que não é top, porque não hierarquiza! hehe)

8. Minha festa – Nelson Cavaquinho (Clara Nunes)

Essa música é tão linda que eu quero parar a lista aqui. Mas não vou, porque as próximas são tão espetaculares quanto. Um trizilhão de gente já a gravou, mas mando essa versão da guerreira, porque… precisa explicação?

9. O show tem que continuar – Fundo de quintal

Esse é certamente um dos laiás mais famosos de todos, que a galera canta com os bracinhos pro alto naquele feeling sambista lindão. Aliás, é uma das músicas que não pode faltar em qualquer roda de samba que se preze.

10. Poder da Criação – João Nogueira e Paulo César Pinheiro (Diogo Nogueira)

“E o povo começa a cantar: la laiá la laiá” – eis o resumo do samba, eis a importância do laiá.

Com isso, ficamos por aqui. Quero ver todo mundo indo pra rua que não é sempre que o dia do samba cai numa sexta feira. Hoje é dia de laiá!

ADENDO

Acabei de publicar o post e o Fábio me lembrou de uma que eu quase me joguei da janela por ter esquecido. Não só é uma das minhas músicas preferidas, como é de lei nas melhores rodas de samba, conhecida como o samba das cabrochas nos ensaios do Escravos da Mauá E TEM ATÉ COREOGRAFIA. Por tantos e mais outros motivos nobres, nossa lista de dez itens ganha um item a mais!

11. Mas quem disse que eu te esqueço – Dona Ivone Lara

Anúncios

3 respostas em “Lalalaiá… laiá!

  1. Agora sim! Pena não ser um video com a tão famosa coreografia e toda sua dramaticidade da faca no peito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s